Arte & Noite, Dicas & Coisitas Mas, Museus & Galerias

Domingo, as margens do Thames

Share on FacebookTweet about this on Twitter

Bom, esse blog não tem a menor intenção de ser um guia turístico. Muito pelo contrario, super recomendo as dicas e instruções de qualquer guia na hora de explorar Londres, principalmente se for a primeira visita.

Porém, como em qualquer parte do mundo, há alguns lugarzinhos e jeitos diferentes de conhecer uma cidade, que não há livro que descreva. Só morando por aqui e nos passeios do dia a dia, para descobrir uma cidade que se vê com outros olhos…

Nesse domingo fiz o que mais adoro fazer em Londres. Ser turista e sair andando.

O destino foi Southbank, às margens do Rio Thames. Um passeio delicioso.

Porém, não vou focar nos essenciais (dos guias turísticos), como London Bridge, London Eye, Parlamento, Aquarium, The Globe, Tate Modern, etc.

Vou fazer o meu caminho, simplesmente andar.. com o meu jeito de olhar..

Essa parte de Londres é magica e se você conseguir enxergar isso, corre o grande risco, de também se apaixonar!!

Meu roteiro de hoje foi assim:

Desci na estação Embankment do metrô e atravessei a ponte.

Para direita a London Eye, o Aquário. Fui para a esquerda, seguindo a margem do rio, na direção da Tate Modern (que amo e há uma exposição nova que queria conhecer).

Esse caminho é chamado The Queen’s Walk. Se olhar na base dos postes, verá uma plaquinha que nomeia essa passagem. Perfeita para uma foto (num momento turista).

O passeio daqui até a Tate pode durar 10 minutos ou 2 horas. Eu recomendo a segunda opção, principalmente para os mais poetas e românticos (e não precisa estar acompanhado não)

Vai encontrar um pouquinho de tudo.

Lojinhas de design pelo caminho, restaurantes, cafés, pubs e sorveteria.

Se gosta de arte de rua, vai adorar um espaço democrático e totalmente ocupado por artistas do Grafitti e do Skate. Esbanjam talento nas paredes e nas manobras que praticam por ali.

Nessa área tem sempre algo diferente acontecendo, ou um evento, ou uma exposição. Recentemente estive na Feira do Chocolate, já vim num Festival de Fotografia, Feira Vintage, etc .. vale a pena checar online se ha algo de especial. Sempre vale a pena.

Um pouquinho adiante há uma feirinha de livros usados simplesmente irresistível. Lugar ideal para encontrar exemplares de todas as épocas, à partir de £1 pound. Se ficar inspirado, não faltará lugar para sentar e ali mesmo se perder nas historias deixadas no tempo. Com certeza você não será o único.

Repare nos bancos durante esse caminho. Eles te convidam para ali sentar e simplesmente pensar …

A mensagem está impressa nele mesmo:

“Everybody needs a place to think”

E continuando o passeio .. vai chegar na Tate Modern, que tem que fazer parte de qualquer lista de turista ou não turista!

Vim para conhecer a ultima exposição do que eles chamam de “Unilever Series”. Uma área imensa, logo na entrada da galeria – chamada Turbine Hall e que abriga exposições e instalações incríveis de diversos artistas, durante todo ano.

A artista da vez é Tacita Dean, britânica, que vive em Berlin e trabalha com filme. O que explica o nome dessa exposição: Film.

No link abaixo tem mais detalhes, mas super recomendo! Fica lá até março de 2012 e a entrada é gratuita.

http://www.tate.org.uk/modern/exhibitions/unilever2011/default.shtm

Espero que você curta o passeio o tanto quanto eu!

(Visited 128 times, 1 visits today)